sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Seja um Discípulo, Não Apenas um convertido


Sempre me chamou a atenção o fato de que parte da rejeição ao Messias
por parte de algumas pessoas nos relatos dos evangelhos nem sempre era
que estas pessoas negassem que JESUS era o Messias, mas sim a
sua falta de vontade de segui-lO.
Todos querem aproveitar a colheita, mas poucos querem trabalhar na
lavoura. Assim como o jovem rico de Mateus 19:16 que veio a JESUS procurando a vida eterna.
Mas ele não tinha vontade de seguir ou obedecer a JESUS, apesar de certamente confiar que JESUS tinha as respostas.
Aquele homem saiu de lá naquele dia sem a vida eterna, e o problema
não era o acreditar --- o problema foi a sua rejeição ao que era necessário.
Lembre-se de que "Os demônios também acreditam e o pensamento os
faz tremer de medo." (Tiago 2:9).
O fato de simplesmente acreditar é diferente de ter fé e não te faz um
discípulo.
Caso contrário, teríamos que considerar um demônio como discípulo.
Muitos acreditam, mas não dão o passo de fé que é necessário:
tornarem-se discípulos!
"Portanto eles serão reconhecidos por seus frutos. Nem todos os que
me dizem Senhor, Senhor entrarão no Reino dos Céus, apenas aqueles
que fazem o que o Pai que está no céu deseja. Naquele dia, muitos me
dirão Senhor, Senhor! Nós não profetizamos em Seu nome? Nós não expulsamos demônios em Seu nome? Nós não fizemos milagres em Seu
nome?' E eu direi a eles `Eu nunca os conheci! Saiam de perto de mim,
vocês que praticam a desobediência à Lei.'" Mateus 7:20-23
Estes a quem Ele manda embora pareciam acreditar nEle, mas não eram
de fato salvos.
A realidade é que a separação entre fé e obediência é uma idéia moderna.
Isto não quer dizer que a obediência sozinha salve (Efésios 2 é bem claro
que o que salva é a fé), porém, Tiago deixa bem claro que a fé verdadeira
deve necessariamente vir acompanhada da obediência.
Parece bem mais lógico o conceito de que fé e obediência devem sempre
andar juntos; o mesmo pode ser dito sobre fazê-Lo o SENHOR da sua vida.
A idéia de um "gospel light", que não requer nenhuma mudança ou
obediência, é muito confusa.
Muitas Bíblias trazem o final deste versículo como "praticam a iniquidade",
mas o fato é que a melhor tradução, quer do grego quer do aramaico, é a
de que aqueles a quem JESUS manda se afastar são os que praticam a
desobediência à Palavra do SENHOR. Afinal, o pecado nada mais é do que a
violação da Palavra.
Estas pessoas haviam acreditado em JESUS mas não tomaram o passo
seguinte de obediência – isto é, o de entregar a sua vida e seguira a
vontade do SENHOR. Parece que se esqueceram de que JESUS disse
"Se você me ama, você guardará os meus mandamentos." (João 14:15)
"E outro de seus discípulos disse a ele SENHOR, primeiro deixe-me ir e enterrar o meu pai."
Mateus 8:21
Repare que ele não negou a autoridade de JESUS, apenas disse um "não
me incomode agora, eu tenho outras obrigações e te seguirei mais tarde."
Pela expressão no hebraico, não há nada que indique o que o pai já havia
de fato morrido – era como se o homem estivesse dizendo "deixe-me cuidar
do meu pai e de suas coisas – quando ele morrer, eu terei mais tempo e te seguirei."
Pela reação de JESUS, podemos perceber que provavelmente não era
apenas o caso de aguardar por um funeral. Compare a atitude do homem
com o versículo:
"Pois Ele é o nosso SENHOR, e nós somos o povo em Seu pasto, as ovelhas
em Seu cuidado. Se HOJE ouvisses a voz dEle" Salmos 95:7
Hoje é o dia – a escolha é agora. Vamos percorrer o caminho dEle e não apenas ficar nas palavras.
Não fiquemos satisfeitos em apenas acreditar nEle, mas que nós possamos também querer seguí-Lo.


Siga-mos os seus passos