sábado, 1 de setembro de 2012

Estevão a saga de um martir


Texto: Atos 7.54-60.


Introdução. Durante a vida, agente vai percebendo algumas coisas. Uma delas é o fim de 

algumas pessoas que estão partindo antes da gente.Um fato que tenho observado é que não 

são muitos os que terminam a sua vida bem, que deixam um bom exemplo, um legado, que 

são fiéis até a morte.Hoje vamos observar nas Escrituras o fim da vida de um homem. Um 

homem que para muitos teve um fim trágico, derrotado. Para mim, um homem que teve um fim 

espetacular e que se Deus me der a graça de agir como Ele no fim de minha vida, serei 

plenamente realizado em tudo o que fiz.Vejamos como foi o fim da vida de Estevão:


I – Primeiro, Ele termina a sua vida livre do Sangue dos de sua nação, pois termina 

pregando a Eles. V53, 54.Estevão pregou um dos maiores, melhores e mais claros sermões 

expositivos de todos os tempos. Ele conseguiu em 53 versículos expor toda a História Bíblica 

e atravésdela apresentar o Senhor Jesus como o Salvador prometido e enviado de Deus. Ele 

conseguiu mostrar qual e por que Jesus é o único caminho da salvação.Estevão pregou o 

evangelho para os seus conterrâneos.Ele não ficou devendo nada a Eles. Ele foi fiel na sua 

pregação.Suas últimas palavras foram ás palavras do Evangelho que Salva o pecador 

perdido. Foram palavras de salvação e esperança.Quem dera que todos nós terminássemos 

nossa vida assim, com a Palavra de Deus em nossos lábios.


II – Em Segundo lugar, Ele termina a vida transbordando do Espírito Santo. 6:15; 7. 

55.É linda a declaração bíblica. “Cheio do Espírito Santo”.E linda a evidência Bíblica:1. 

Ousadamente pregou sem medo de morrer.2. Confiantemente elevou seus olhos firmes ao 

céu.3. Teve uma visão da glória celestial.É assim uma pessoa cheia do Espírito Santo: Ela 

anda com os pés na terra, mas seus olhos estão no céu. Ela caminha por este mundo 

empoeirado, mas céu coração está voltado para o lugar eterno de glória.Eis a razão por que 

somos incentivados a andar em Espírito, para não satisfazermos e nem nos perdermos no 

engodo da carne.Quem anda em Espírito agrada a Deus, Poupa-se a si mesmo de muitos 

sofrimentos, e é sempre uma benção para a obra de Deus.Quem anda em Espírito é mais 

feliz, mas útil, mas produtivo, mais capacitado.Foi assim que Estevão viveu e foi assim que 

Ele morreu.


III – Em terceiro lugar, Ele termina sua vida sendo contemplado pela visão de Cristo na 

glória. 55, 56.Que dia glorioso para Estevão. Seu último dia na terra, foi também seu primeiro 

dia no céu.Vejamos o que Ele viu:1.Viu a Glória de Deus.2.Viu Jesus à Direita de 

Deus.3.Viu Jesus lhe esperando em Pé.Não há dúvidas, os que com seus olhos espirituais 

contemplaram a Cristo na terra, certamente o contemplarão no céu.Como Será Cristo? Eu 

não sei. Uma coisa sei, é muito diferente do Cristo que pregam por ai.Há um hino muito lindo 

que diz:O ROSTO DE CRISTO.Sempre que eu leio a história de Cristo

Eu fico a pensar com grande emoção
Do privilegio que muitos tiveram
De ver o Seu rosto e sentir Sua mão
Eu também teria a mesma alegria
De vê-lo bem perto
Bem juntinho a mim
Olhar seus olhos serenos e meigos
Oh! Como eu seria tão feliz assim
Queria saber como era o seu rosto
Embora eu sinta que era mui lindo
Inspirava fé e também confiança
E dava a todos um gozo infindo
Ao ver as gravuras dos quadros pintados
Daquilo que dizem ser o meu Senhor
Meu ser não aceita o que está na tela
É falsa inspiração do pintor
Não creio, não creio num Cristo vencido
Cheio de amargura, semblante de dor
Eu creio num Cristo de rosto alegre
Eu creio no Cristo que é vencedor
E um dia também O verei face a face
E assim eu creio pela minha fé
Oh! Aleluia, verei o Seu rosto
Verei a Jesus como Ele é
Oh! Aleluia, verei o Seu rosto
Verei a Jesus como Ele é
Certamente será assim. Foi assim que Estevão viu. 


IV – Em quarto lugar, no fim de sua vida, ele desfrutou da plena certeza da vida eterna. 

V59.Diferentemente do que muitos dizem, Estevão não só tinha certeza da sua vida eterna 

com Cristo, como tinha certeza de que seu Cristo poderosamente o havia garantido para 

estar junto dEle na eternidade.A doutrina da perca da Salvação é uma falácia. Os que a 

pregam:1.Negam o poder pleno do Sangue de Cristo de lavar o pecador de todos os seus 

pecados.2.Negam a capacidade de salvação eterna que Cristo tem.3.Afirmam a salvação 

pelas obras e não pela fé.4.Negam as afirmações do próprio Cristo de salvação 

eterna.5.Querem manter as pessoas nos caminhos de Deus pelo medo e não pelo 

amor.6.Estão dando mais poderes ao diabo do que a Cristo.7.Estão mostrando que eles 

mesmo provavelmente não são salvos.8.Estão reduzindo o cristianismo a uma religião de 

grande instabilidade e de uma esperança falsa e tremendamente falha. A Salvação é pela fé, 

pela graça, pelo poder de Deus.João 1.12; 3.16; 5.24; 10. 27, 28; Rm 5.1; 8.30; etc.É muito 

mais fácil o sol não nascer do que um salvo não ir morar no Céu.Estevão gozava da certeza 

da salvação. Está é a nossa paz. Este não é um direito para fazer o que quero, justamente o 

contrário. Agora vivo para fazer o que Meu Deus quer. Assim devo viver.


V – Em quinto lugar, no fim de sua vida Ele não deixou que a amargura fosse com Ele 

para a eternidade. V60.Facilmente Estevão poderia ter ficado amargurado.Facilmente 

Estevão poderia ter morrido amargurado.Primeiro eledepois de anunciar o pão da vida, foi 

expulso da cidade.Segundo ele foi apedrejado.Ele estava tomando pedradas dos de sua 

própria nação.Ele demonstrara amor por Eles, e o que foi que Ele ganhou?Tomar pedradas 

de quem não conhecemos, de quem não gosta de nós, de quem não presta é uma coisa. 

Tomar pedras das pessoas da nossa própria parentela é outra coisa.Foi isto o que aconteceu 

com Ele. Falcilmente poderia ficar amargurado.Mas, não ficou. O que foi que Ele 

fez?1.Devolveu as pedradas? Não.2.Fugiu das pedradas? Não.3.Reclamou das pedradas?

Não.4.Culpou a Deus pelas pedradas? Não.5.Ele perdoou as  pedradas e ainda intercedeu 

pelos que as jogaram. Esta atitude de Estevão não é a atitude de todos. Só pode ter esta 

atitude quem tem o Espírito No Controle do seu coração.Estevão imitou seu Senhor nas 


últimas palavras.Não deixe seu coração se azedar, sua vida amargar, seus dias escurecerem 

por causa das pedradas que vem deste mundo.O Segredo é manter seus olhos no céu. 

Manter seu coração no altar. Manter seus joelhos no chão. Quem te recompensará é o 

Senhor. Lembre-se, cada pedrada que você tomar por Cristo aqui, é uma pérola na sua coroa 

lá no céu.


Conclusão. Um Fim espetacular. A vida de Estevão foi maravilhosa, mas não se compara 

ao fim de sua vida. A verdade é que este fim revela realmente quem Ele era. Sem dúvida, um 

servo fiel ao Seu Senhor. Melhor do que começar bem, ir bem, é terminar bem. v.60