quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

O demônio chamado INVEJA


http://therulesbreaker.com/wp-content/uploads/2013/01/inveja-1.jpg

Gên 26:13-15 "Enriqueceu-se o homem, prosperou, ficou riquíssimo; possuía ovelhas e bois e grande número de servos, de maneira que os filisteus lhe tinham inveja. , por isso, lhe entulharam todos os poços que os servos de seu pai haviam cavado, nos dias de Abraão, enchendo-os de terra."

A inveja não é apenas um sentimento. É uma força espiritual que move demônios poderosíssimos. É como uma nuvem negra que se move, tendo como origem um coração invejoso, e o destino é a vida do invejado.

Esta nuvem é um demônio enviado, na maioria das vezes INVOLUNTARIAMENTE, através do desejo invejoso do coração de alguém. Ela é avassaladora e destrói tudo que vê pela frente.

Televisores pifam, empregos se tornam inferno, casamentos acabam, ministérios afundam. A inveja pode até causar doenças e morte.

Para lutar contra este demônio, precisamos nos afastar dos invejosos. Saibam eles ou não, tornaram-se canalizadores de demônios, e se tornam maldição sobre a nossa vida.

Para isso precisamos ser frios. Yeshuw'ah disse que precisamos ser simples como pombas, MAS PRUDENTES COMO SERPENTES. A serpente tem uma característica singular: Ela tem sangue frio. Não tem sentimento, não tem emoções. A prudência é algo que independe do sentimento.

Afaste-se dos invejosos, ainda que os ame. Afaste-se dos invejosos, ainda que sejam grandes amigos. Afaste-se dos invejosos, pois nossa batalha é pesada, e os sentimentos são enganosos.

Em relação a inveja, precisamos entender algumas coisas:

- Nem todo invejoso percebe que é invejoso.
- Nem todo invejoso é seu inimigo.
- O invejoso faz de tudo para ocultar este sentimento.

Uma das premissas da Batalha Espiritual é compreender que demônios entram em pessoas, possuem ou oprimem. Por isso, não podemos nos abrir com facilidade. O guerreiro tem que ser frio em alguns momentos, guerra é guerra.

Observe os frutos dos relacionamentos, observe os sinais,