segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

DIAGNOSTICANDO SEUS FRACASSOS – Js 7:1-15 e 20

Acã havia cometido um pecado, e a ira do Senhor acendeu-se contra os filhos de Israel.
* O pecado é coisa séria. Ele trás perturbações, separação e morte. E Israel tomou consciência do desagrado de Deus em relação ao pecado. ELE lhes disse que não receberiam nenhuma bênção enquanto não fossem santificados.
* A presença do pecado de Acã no meio deles significava que não apenas Acã precisava pagar a pena do seu pecado, mas também a sua família.
* Porque a família sabia do problema e também encobriu, foi cúmplice e tinha que pagar por isso.
Vamos nesta hora com seriedade analisar o que levou o povo a derrota, ao fracasso:
1º. O primeiro fator do fracasso foi a confiança demasiada em si próprio. Js 7.3
· Até o momento eles não haviam experimentado derrota, tudo era vitória, haviam saído de uma grande vitória em Jericó.
·
· Eles estavam se achando poderosos, fortes, achando que os muros haviam caído por eles, esqueceram que na verdade Deus havia entregado Jericó em suas mãos. Era do Senhor a vitória e não do povo.
· A vitória de ontem não significará, necessariamente a vitória de hoje ou de amanhã. Cada dia é diferente do outro.
·
· Precisamos lembrar que não há nada tão pequeno que o possamos combater sozinhos, precisamos da ajuda de Deus em tudo que tentarmos realizar.
·
· Eles tiveram uma grande derrota porque confiaram em si próprios. Ai era nada, diante do que eles haviam conseguido, esqueceram de colocar a confiança no Senhor.
·
· Este é também um fator dos grandes fracassos em nossos dias.
· Quantas vezes tentamos sozinhos resolver os nossos problemas?
· Outras vezes achamos que o problema é tão pequeno e insignificante que não precisamos de Deus para resolvê-lo. Aí vem o fracasso!
· Precisamos entender que não somos nada sem Deus. “Jesus disse: Sem mim nada podeis fazer”.
· Sem o auxílio do Senhor, o fracasso é certo em nossa vida.
·
· Esse foi o problema de Israel. Ai é pequena, insignificante, não precisamos ir todos, nem precisamos consultar a Deus, como era costume. Então passaram a maior vergonha de sua história, tiveram que fugir do inimigo…
2º. O segundo fator do fracasso foi não esperar em Deus antes de avançar – Js 7.4,10
* Deus os poderia ter avisado do perigo que os esperava se eles tão somente tivessem recorrido a ELE em primeiro lugar.
* A oração poderia ter resolvido o problema, Deus os teria avisado do perigo que a presença de Acã constituía para eles, pois não havia segredos para Deus. Ele conhece o coração da pessoa e está familiarizado com todas as circunstâncias.
* Se tivessem consultado a Deus, teriam sido avisados.
* Muitos crentes tem fracassado em seus empreendimentos por falta de paciência em esperar no Senhor. Sl 40.1
* Gilgal era o lugar da oração, do sacrifício, era o ponto de partida para qualquer batalha, ali estavam os sacerdotes.
* Antes de qualquer batalha, Josué ia a Gilgal, oferecia sacrifício, orava e esperava até que o Senhor respondesse. E iam a guerra baseados na palavra do Senhor.
* Mas depois da vitória sobre Jericó, ele não voltou a Gilgal, e isso constituiu-se um fracasso para todo o povo, foi vergonhoso, tiveram que fugir do inimigo. E todos os povos ao redor souberam disso. Js 7.7,8
* Quantas vezes em nossa vida temos a mesma atitude. O Senhor nos dá vitória, nos abençoa porque esperamos nEle. Mas depois, esquecemos de voltar a Gilgal, porque achamos que podemos tudo então vem a derrota, vem o fracasso.
3º. O terceiro fator do fracasso foi a desobediência às ordens de Deus – Js 6.18; 7.11.
· Josué agiu de maneira comum quando culpou Deus pela sua derrota.(v.6, 7)
·
· Havia um problema, e eles deveriam ter tomado conhecimento antes de partir, mas não esperaram no Senhor e, este problema foi a causa do fracasso.
·
· Desobedeceram as ordens do Senhor. Js 7.13,19,20.
·
· Ele deveria carregar a culpa pelo fracasso e não Deus.
·
· A segurança e proteção divina dependem da obediência de cada um, eles não iriam ser capazes de enfrentar os seus inimigos se não desistissem de seus pecados.
·
· Quantos fracassos em nossas vidas por causa do pecado?
· Quantos fracassos por causa da desobediência as ordens do Senhor?
· Quantos problemas criamos para nós mesmos?
·
· Foi assim com Israel e não tem sido diferente em nossos dias.
· Quantas igrejas vivem estagnadas, porque há um Acã, com um pecado escondido em seu coração. E toda igreja sofre por causa disso.
·
· Quantas famílias experimentando o fracasso contínuo, porque não obedecem as ordens do Senhor.
·
· Precisamos diagnosticar o fracasso observando nosso comportamento ante a palavra de Deus, se temos ou não obedecido?
·
· O que o Senhor diz é para ser obedecido imediatamente. “Bem-aventurado aquele que ouve estas minhas palavras e as pratica”.
Conclusão
· O diagnóstico de um fracasso não é coisa simples.
· Muitas vezes há um pecado exterior que todo mundo vê, mas muitas vezes são pecados ocultos que só os familiares sabem e, precisam denunciar para não se tornarem coniventes;
·
· Outras vezes o pecado é cometido e conhecido somente pelo praticante.
·
· Devemos lembrar que os que sabiam do pecado de Acã e não denunciaram, morreram juntamente com ele.
·
· Não podemos esquecer, que para uma pessoa chegar ao ponto que Acã chegou, passa pelo caminho aqui apresentado.
·
· Confiança demasiada em si mesmo; não esperar em Deus antes de agir; e desobediência as ordens divinas.
·
· Analise sua vida e diagnostique seus fracassos. Pare de confiar em si próprio, aprenda a esperar em Deus e comece a valorizar a sua palavra colocando-a em prática.
·
· Há algo admirável e inspirador em se ver alguém que havia sido abatido pelo fracasso levantar-se e começar tudo de novo.
·
· Nunca é tarde para começar de novo, e, é exatamente isso que você precisa fazer.
· Não pare porque teve fracasso, não fique caído enterrando sua vida.
· Levante e comece de novo, mas comece certo. Confiando no Senhor, esperando no Senhor, e obedecendo ao Senhor em tudo. Você fracassou em sua vida cristã? Comece de novo
!