terça-feira, 17 de abril de 2012

Do meu jeito ou de Deus?

CADA pessoa tem um jeito. É gente de todo tipo pra viver de todo o jeito.
Não é difícil perceber o jeito distinto de cada pessoa.
Você já conheceu pessoas com costumes estranhos?
- Gente que só bebe num único tipo de caneca
- Gente que canta no chuveiro;
- Gente que não usa desodorante;
- Gente que não gosta de tomar banho;
- Gente que não larga o smartphone;
- Gente que espirra e coloca no twitter/facebook “espirrei”;
- Gente que acha que canta afinado
- Gente que não joga o “velho” pijama fora
- Gente que fala muito alto ou muito baixo
- Gente que se considera médico e receita remédios
para todo mundo;
- Gente que não para de falar;
Qual o seu jeitão? Tem gente com um “jeitão” tão forte que deseja um mundo do seu jeito.
Num mundo como o nosso, onde quase tudo é “ao gosto” do freguês. O que vemos é a procura cada vez maior por “igrejas” que sejam cada vez mais do nosso jeito. É a religião ao gosto do freguês.
Existe Deus ao gosto do freguês?
Que tipo de Deus você procura?
Que tipo de Deus você serve?
I. Você procura um Deus do seu JEITO?
“E o homem, em seu orgulho, criou Deus, a sua imagem e semelhança”.
(Friedrich Nietzsche)
O tipo de deus que a maioria das pessoas procura:
- deus que realiza desejos instantaneamente (como o gênio da lâmpada)
- deus que faz dos seu poder um show para provar sua soberania
- deus que tem compromisso apenas no conforto das pessoas
- deus que fala somente o que se gosta de ouvir
A postura dessas pessoas com relação a Deus é: “Se você não me decepcionar (meus desejos egoístas) eu creio em você”.
O que faz Deus ser Deus é que Ele não está preso aos nossos conceitos e ao nosso senso de justiça. O que faz Deus ser Deus é que Ele não é nosso empregado ou escravo, que existe em função dos nossos desejos e prazeres. Nós é que precisamos Dele, e não Ele de nós.
Na mitologia grega podemos ver bem de perto o que significa criar um deus que satisfaça o nosso jeito de ser. Veja que para Homero, Zeus (deus na mitologia) era “imaginado” de duas maneiras diferentes. É representado como o deus da justiça e da misericórdia, o protetor dos fracos e o punidor do mau. Como marido de sua irmã Hera, ele é o pai de Ares, o deus da guerra; Hebe, a deusa da juventude; Hefaísto, o deus do fogo; e Ilíthia, deusa do parto. Ao mesmo tempo, Zeus é “descrito” como um deus que se apaixona por uma mulher a cada instante e usando de todos os artifícios para esconder sua infidelidade da esposa. Os relatos de suas travessuras eram numerosos na mitologia antiga, e muitos de seus filhos eram o produto de seus casos de amor tanto com deusas quanto com mulheres mortais.
É esse tipo de Deus que você procura?
II – Um Deus que é do seu jeito, não serve para ser o seu Deus!
O Deus verdadeiro…
– Responde a quem O busca com fé e sinceridade.
– Fala o que você precisa e não o que você quer ouvir.
– Está mais interessado no seu crescimento do que no seu conforto.
– Tudo o que Ele faz é bom.
– Exige sua fé e rendição completa (não negocia com você).
– Sempre mostra que Ele sabe o que faz.
Conheça um pouco mais sobre a história do povo que “sobrou” em Israel, quando a cidade foi invadida e tomada pela Babilônia no tempo do profeta Jeremias:
- O povo já tinha percebido que Deus tinha falado e eles não tinham ouvido, por isso, estavam em uma situação difícil. Assim decidiram procurar a direção de Deus;
- Eles procuraram Jeremias pedindo que ele buscasse a Deus e trouxesse a resposta. Eles criam que Deus ainda falava, que Deus respondia, que Deus daria uma direção.
- Jeremias revelou o caráter de Deus, não agiu com rancor e vingança, Ele se dispôs a buscar a Deus mais uma vez em favor do povo, que tinha um histórico de desobediência e rebeldia;
- Deus respondeu ao que o povo pediu: “para onde devemos ir e o que devemos fazer”. A resposta foi: fiquem, não vão para o Egito.
- Diante da resposta, eles já tinham um plano sobre o que fazer, e por isso rejeitam a voz de Deus. (Tinham medo de ficar em Israel e queriam encontrar abrigo no Egito);
Essa história está narrada por completo em Jeremias. 42.1-12.


1 Então todos os líderes do exército, inclusive Joanã, filho de Careá, e Jezanias, filho de Hosaías, e todo o povo, desde o menor até o maior, aproximaram-se
2 do profeta Jeremias e lhe disseram: Por favor, ouça a nossa petição e ore ao Senhor, ao seu Deus, por nós e em favor de todo este remanescente; pois, como você vê, embora fôssemos muitos, agora só restam poucos de nós.
3 Ore rogando ao Senhor, ao seu Deus, que nos diga para onde devemos ir e o que devemos fazer.
4 “Eu os atenderei”, respondeu o profeta Jeremias. “Orarei ao Senhor, ao seu Deus, conforme vocês pediram. E tudo o que o Senhor responder eu lhes direi; nada esconderei de vocês.”
5 Então disseram a Jeremias: Que o Senhor seja uma testemunha verdadeira e fiel contra nós, caso não façamos tudo o que o Senhor, o seu Deus, nos ordenar por você.
6 Quer seja favorável ou não, obedeceremos ao Senhor, o nosso Deus, a quem o enviamos, para que tudo vá bem conosco, pois obedecere­mos ao Senhor, o nosso Deus.
7 Dez dias depois o Senhor dirigiu a palavra a Jeremias,
8 e ele convocou Joanã, filho de Careá, e todos os comandantes do exército que estavam com ele e todo o povo, desde o menor até o maior.
9 Disse-lhes então: Assim diz o Senhor, o Deus de Israel, a quem vocês me enviaram para apresentar a petição de vocês:
10 “Se vocês permanecerem nesta terra, eu os edificarei e não os destruirei; eu os plantarei e não os arrancarei, pois muito me pesa a desgraça que eu trouxe sobre vocês.
11 Não tenham medo do rei da Babilônia, a quem vocês agora temem. Não tenham medo dele”, declara o Senhor, “pois estou com vocês e os salvarei e os livrarei das mãos dele.
12 Eu terei compaixão de vocês, e ele também, e lhes permitirá retornar à terra de vocês”.
III – Não perca sua vida servindo a um “deus” do seu jeito.
O que realmente você precisa é encontrar o Deus vivo e verdadeiro.
Para buscar, encontrar e servir ao Deus verdadeiro:
1) Perceba nas suas circunstâncias oportunidades espirituais
Então todos os líderes do exército, inclusive Joanã, filho de Careá, e Jezanias, filho de Hosaías, e todo o povo, desde o menor até o maior, aproximaram-se do profeta Jeremias.
(Jr 42. 1-2a)
O povo já tinha percebido que Deus havia falado e eles não ouviram, por isso, estavam em uma situação difícil. Assim decidiram procurar a direção de Deus;
Quando se está nesta situação não há outro jeito, é preciso reavaliar a sua condição espiritual. Faça uma sincera avaliação da sua situação espiritual:
Em vez de culpar Deus por suas tragédias,
busque saber onde você O deixou.
Ao invés de se tornar mais um “ateu emocional”, em sua situação de dor, intensifique sua busca e rendição a Deus.
Sua situação pode ser uma oportunidade para retornar a Deus. Aprenda a olhar para Ele em tempos de crise.
2) Busque a resposta crendo no amor incondicional de Deus por você
Por favor, ouça a nossa petição e ore ao Senhor, ao seu Deus, por nós e em favor de todo este remanescente (…) Ore rogando ao Senhor, ao seu Deus, que nos diga para onde devemos ir e o que devemos fazer. “Eu os atenderei”, respondeu o profeta Jeremias. “Orarei ao Senhor, ao seu Deus, conforme vocês pediram. E tudo o que o Senhor responder eu lhes direi; nada esconderei de vocês.”
(Jr 42. v. 2b-4)
Jeremias não age com rancor e vingança, ele se dispõe a buscar a Deus mais uma vez em favor do povo, que tinha um histórico de desobediência e rebeldia;
“O Senhor, o Deus dos seus antepassados, advertiu-os várias vezes por meio de seus mensageiros, pois ele tinha compaixão de seu povo e do lugar de sua habitação. Mas eles zombaram dos mensageiros de Deus, desprezaram as palavras dele e expuseram ao ridículo os seus profetas, até que a ira do Senhor se levantou contra o seu povo, e já não houve remédio”.
(2 Crônicas 36.15-16)
Deus poderia olhar para este povo e dizer: “Não vou mais falar, não vou responder, pois sei que eles não quiseram me ouvir, maltrataram meus profetas e me rejeitaram…”. Mesmo assim, Deus fala mais uma vez.
Você já sentiu que não poderia mais ser ouvido e atendido por Deus? Como se não tivesse mais jeito para você?
Se você ainda está vivo, busque a Deus, Ele vai derramar o amor Dele sobre você.
Deus realmente “zera a sua conta”, age com misericórdia.
3) Creia que Deus não deixa sem resposta quem O busca com sinceridade
Dez dias depois o Senhor dirigiu a palavra a Jeremias, e ele convocou Joanã, filho de Careá, e todos os comandantes do exército que estavam com ele e todo o povo, desde o menor até o maior. Disse-lhes então: Assim diz o Senhor, o Deus de Israel,
(Jr 42. v.7-9)
Eles procuraram Jeremias pedindo que ele buscasse a Deus e responda o que Deus falou. Eles crêem que Deus ainda fala, que Deus responde, que Deus dará uma direção.
“…procurarão o SENHOR, seu Deus, e o encontrarão, se o buscarem com todo o coração e com toda a alma”.
(Dt 4.29)
“Eu me deixarei ser encontrado por vocês”, declara o Senhor.
(Jr 29.14ª)
Busquei o Senhor, e ele me respondeu; livrou-me de todos os meus temores. Os que olham para ele estão radiantes de alegria; seus rostos jamais mostrarão decepção. Este pobre homem clamou, e o Senhor o ouviu; e o libertou de todas as suas tribulações.
(Salmos 34.4-6)
- Creia no poder de Deus para se revelar a você independente do seu “jeitão”.
Deus não vai se ajustar ao seu jeito e aos seus desejos, mas Ele se revelará a você, permitirá ser encontrado por você e agirá na sua vida, independentemente do seu jeito.
4) Receba a orientação clara e direta de Deus.
“Se vocês permanecerem nesta terra, eu os edificarei e não os destruirei; eu os plantarei e não os arrancarei, pois muito me pesa a desgraça que eu trouxe sobre vocês. Não tenham medo do rei da Babilônia, a quem vocês agora temem. Não tenham medo dele”, declara o Senhor, “pois estou com vocês e os salvarei e os livrarei das mãos dele.Eu terei compaixão de vocês, e ele também, e lhes permitirá retornar à terra de vocês”.
(Jr 42.10-12)
Deus responde ao que o povo pediu: “para onde devemos ir e o que devemos fazer” (Jr. 42.3). Fica claro aqui que Deus não deixa o povo sem resposta.
As orientações de Deus são claras, não há sombra de variação em Deus, não há confusão, Ele nos diz claramente o que fazer. Quando não estiver claro, espere a resposta de Deus.
Ainda hoje as orientações de Deus são muito claras para a sua igreja:
“Assim, façam morrer tudo o que pertence à natureza terrena de vocês: imoralidade sexual, impureza, paixão, desejos maus e a ganância, que é idolatria.É por causa dessas coisas que vem a ira de Deus sobre os que vivem na desobediência as quais vocês praticaram no passado, quando costumavam viver nelas. Mas agora, abandonem todas estas coisas: ira, indignação, maldade, maledicência e linguagem indecente no falar. Não mintam uns aos outros, visto que vocês já se despiram do velho homem com suas práticas e se revestiram do novo, o qual está sendo renovado em conhecimento, à imagem do seu Criador.
(Cl 3.5-10)
5) Ajuste o “seu jeito” ao “Jeito” de Deus.
“Quem obedece aos mandamentos de Deus vive unido com Deus, e Deus vive unido com ele”.
(1 Jo 3.24ª)
O povo pediu a Jeremias que perguntasse ao Senhor o “Jeito” certo de agir. Quando Deus respondeu, o povo decidiu que agiria do seu “jeito” e não do Jeito de Deus.
“Quando Jeremias acabou de dizer ao povo tudo o que o Senhor, o seu Deus, lhe mandara dizer, Azarias, filho de Hosaías, e Joanã, filho de Careá, e todos os homens arrogantes disseram a Jeremias: Você está mentindo! O Senhor não lhe mandou dizer que não fôssemos residir no Egito. (…) Assim Joanã, filho de Careá, todos os comandantes do exército e todo o povo desobedeceram à ordem do Senhor de que permane­cessem na terra de Judá”.
(Jr. 43.1-2,4)
O povo tinha declarado diante de testemunhas que faria tudo do “jeito” de Deus:
Então disseram a Jeremias: Que o Senhor seja uma testemunha verdadeira e fiel contra nós, caso não façamos tudo o que o Senhor, o seu Deus, nos ordenar por você. Quer seja favorável ou não, obedeceremos ao Senhor, o nosso Deus, a quem o enviamos, para que tudo vá bem conosco, pois obedeceremos ao Senhor, o nosso Deus.
(Jr. 42.5-6)
Deus em sua infinita graça mostrou em detalhes ao seu povo como seria viver e andar do “jeito” Dele. Ao tempo em que também deixou claro como seria a vida se o povo decidisse viver do seu “jeito”.
Palavra de Deus ao povo:
“…e se disserem: “Não, nós iremos para o Egito, onde não veremos a guerra nem ouviremos o som da trombeta, nem passaremos fome”, ouçam a palavra do Senhor, ó remanescente de Judá. Assim diz o Senhor dos Exércitos, Deus de Israel: “Se vocês estão decididos a ir para o Egito e lá forem residir, a guerra que vocês temem os alcançará, a fome que receiam os seguirá até o Egito, e lá vocês morrerão.”
(Jr 42 14-16)
Depois de tudo tão esclarecido o povo decidiu pelo seu “jeito” e não pelo “jeito” de Deus. Na verdade eles já tinham um plano, só queriam saber se tinham ou não a benção de Deus.
Estava tudo certo, tudo poderia mudar para melhor…
- Finalmente o povo buscou a Deus;
- A resposta veio;
- Mesmo no meio na disciplina de Deus, as promessas eram boas;
- Deus faria milagres e estaria com o povo;
- O povo estragou mais uma vez. Decidiu fazer do seu “jeito”.
Resumindo: “Se a gente não atrapalhar, vai dar tudo certo!”
O diabo quer que você desista em algum ponto, ele quer colocar confusão e incredulidade.
Por que o povo não ouviu o que Deus disse?
A resposta que eles ouviram era diferente do que esperavam e do que queriam. Eles já tinham provas suficientes de que Jeremias falava a resposta de Deus. Muitos profetas mentiram e a profecia de Jeremias se mostrou verdadeira. Em todas as ocasiões, o povo não quis ouvir.
O povo revelou a postura rebelde que muitos mantém diante de Deus: “Nós sabemos o que fazer”. “Noz já temos um plano”.
Diante da resposta, eles já tinham um plano sobre o que fazer, e por isso, rejeitam a voz de Deus. (tinham medo de ficar em Israel e queriam encontrar abrigo no Egito);
Conclusão
O que Deus tem falado com você? O que você tem resistido em ajustar ao jeito de Deus?
Deixe-me dizer uma coisa:
- Não é suficiente saber que Deus existe;
- Não é suficiente orar ao Senhor;
- Não é suficiente ouvir a voz de Deus;
- Você precisa ajustar sua vida à voz de Deus, por meio da sua palavra.
“E o que ele manda é isto: que creiamos no seu Filho, Jesus Cristo, e que nos amemos uns aos outros, como Cristo nos mandou fazer. Quem obedece aos mandamentos de Deus vive unido com Deus, e Deus vive unido com ele. E, por causa do Espírito que ele nos deu, sabemos que Deus vive unido conosco”.
(1 Jo 3.23-24)
Como é que vai ser?
Do seu jeito, ou do de Deus?