segunda-feira, 9 de junho de 2014

Autoridade de Jesus

 

Há muitos exemplos da autoridade de Jesus, mas mencionarei apenas um meu favorito. Jesus e os discípulos estão em um barco e atravessam o mar da Galiléia. Levanta-se repentinamente uma tempestade, e o que era plácido torna-se violento - ondas monstruosas erguem-se do mar e açoitam o barco...
As mesmas  ondas que deixaram em pânico os discípulos, transmitiram  sono ao Mestre. O que pôs medo neles colocou sonolência nos olhos do Senhor. O barco era um túmulo para os seguidores, e um berço para Cristo. Como Jesus pôde dormir no meio da tempestade? Simples: Ele estava no controle dela.
"E ele, despertando, repreendeu o vento, e disse ao mar: Cala-te, aquieta-te. E o vento se aquietou, e houve grande bonança.
E disse-lhes: Por que sois tão tímidos? Ainda não tendes fé?"  (Marcos 4:39-40).
Incrível. Ele não entoa um mantra, nem brande uma vara mágica. Os anjos não são chamados, nenhuma ajuda é necessária.; As águas agitadas tornam-se um mar silencioso, instantaneamente. Calma imediata. Nenhuma ondulação. Nenhum pingo. Nenhuma rajada de vento. Num instante, o mar vai de torrente encrespada a lagoa serena. A reação dos discípulos? Leia no verso 41 "E sentiram um grande temor, e diziam uns aos outros: Mas quem é este, que até o vento e o mar lhe obedecem?"