terça-feira, 6 de março de 2012

Não se preocupe com o dia de amanhã

Mateus 6; 34 Não vos inquieteis, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo, basta a cada dia o seu mal.   

Ansiedade é o mal do século. Você vive no presente, se preocupando com as coisas que ainda vão acontecer lá no futuro, a ansiedade é uma sensação de receio, preocupação e de apreensão, decorrente da excessiva excitação do Sistema Nervoso Central, sem causa evidente. Ela é parente próximo do medo, é distinguida dele pelo fato de o medo ter um fator desencadeante real e palpável, enquanto na ansiedade o fator de estimulo teria características mais subjetivas.

Há um belo e claro ensino da Escritura sobre este assunto de preocupação ou cuidado com as necessidades do amanhã. O hebreu povo escolhido por Deus teve uma preocupação real sobre o dia de amanhã, mas eles eram absolutamente incapazes de armazenar a comida extra. Eles foram mandados para recolher o maná suficiente para as suas famílias para um dia e não guardar para o dia seguinte. Quando alguns se recusaram a obedecer a esta ordem de Deus  e tentaram manter o maná extra para outro dia, ele virou mal e tornou-se como um verme. Apenas no sexto dia eles poderiam reunir o alimento extra para usar no dia de sábado. Caso contrário, eles eram completamente dependentes da providencia diária deste alimento miraculoso do Senhor. Eles tinham de confiar no Senhor. Eles não tinham outra escolha.

Isto forçou a forma de vida com os judeus prefigurou a maneira ideal de vida para os cristãos. Eles também foram para aprender a confiança no Senhor. Note-se que o que os judeus observados a partir compulsão externa, por vezes, se tornaram uma questão de consciência para os cristãos. E assim, repetindo a necessidade do passado antigo, o Senhor ensinou seus discípulos a não se preocupar com o amanhã. "Não se preocupe com sua vida", disse Ele, "o que haveis de comer ou que haveis de beber... Qual de vós, por se preocupar, pode acrescentar um só côvado à sua estatura? Portanto, não se preocupe...." (Mateus 6; 25 27.31). Esta foi uma nova forma de ensinar que devemos confiar na providência do Senhor Jesus.

Os israelitas no deserto foram obrigados a confiar que o Senhor iria cuidar dele. O discípulo do Senhor sentiu uma obrigação pessoal de confiança de seu Senhor e buscar o reino de Deus.

Não se preocupar com o amanhã significa aceitar ordem divina. Isso significa estar contente com a nossa maneira de vida, e não só isso, mas contentar-se com a misericórdia do Senhor. As misericórdias do Senhor se renovam a cada manhã. Lamentação 3; 23... Porque as suas misericórdias não têm fim.v23 Novas são cada manhã; grande é tua fidelidade.

Nós devemos aprender a viver no presente o melhor de nossa capacidade, sabendo que o Senhor irá preparar-nos pelo o que está por vir.

Temos que refletir sobre os danos causados pelo pensamento ansioso. Não só destrói a nossa paz de espírito e reduzir a nossa utilidade, ela não faz algo mais prejudicial. "Os cuidados deste mundo... entrando em sufocam a Palavra" (Marcos 4;19).

Deus é verdadeiramente o pai eterno, que cuida de seus filhos.

A palavra de Deus nos instrui em primeira epistola universal do apóstolo  Pedro 5; 7 Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.

SOMOS MAIS QUE VENCEDORES EM CRISTO JESUS!