quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Tudo é pelo ESPIRITO SANTO

Quando os israelitas estavam no deserto, Deus manifestava a Sua presença por meio de uma nuvem. Essa nuvem era a manifestação física do compromisso de Deus em ficar com o Seu povo. Ela cobria o tabernáculo dia e noite, e funcionava como guia para qualquer iniciativa; quando a nuvem se movia, eles se moviam, e quando ela parava, eles paravam. O povo nunca teve de tentar descobrir a direção ou o futuro; punham toda a sua confiança naquela visível nuvem da presença de Deus.
Hoje, a nuvem da presença de Deus paira sobre o nosso lugar secreto de oração. Ela espera todos os dias para envolvê-lo em sua paz. Ela o guiará, lhe capacitará e guardará no descanso do Senhor, dando-lhe direcionamentos para o lar, para o trabalho e para seus relacionamentos. E você pode ter comunhão com Deus em qualquer lugar, seja no ônibus indo para o trabalho ou em suas viagens. Você pode desligar todas as demais coisas e dizer, “Senhor, tenho meia hora agora, e quero falar contigo”. Esse será a sua “hora silenciosa” com Ele.
É maravilhoso ter a melhor hora do seu dia junto ao Senhor, edificando uma intimidade de consistência. Ele promete que quando você busca mais intimidade a presença dEle irrompe em sua vida promovendo a ordem divina em todo o seu derredor. Mas algo ainda maior do que isso acontecerá: a busca contínua da presença de Deus lhe levará à uma revelação da glória de Cristo.
Moisés buscou com Deus uma manifestação continuada da presença do Senhor “para que eu te conheça” (Êxodo 33:13). Eis como Deus respondeu ao Seu servo: “A minha presença irá contigo, e eu te darei descanso” (33:14).
O pedido de Moisés aqui seria o suficiente para a maioria dos cristãos. Quem dentre nós não quer a paz e o descanso prometidos por Deus? O que mais poderia alguém desejar? Mesmo assim, ter a segurança da presença de Deus não foi suficiente para Moisés; ele sabia que havia mais, e clamou, “Rogo-te que me mostres a tua glória” (33:18).