quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Hamartilogia – Doutrina do Pecado




I. A ORIGEM DO PECADO
A) Em Relação a Deus
Deus não pode pecar, e no entanto o plano de Deus “precisaria” ter incluído a permissão para a entrada do pecado no mundo, já que desde a eternidade incluía um Salvador.
B) Em Relação a Satanás
O pecado foi achado em satanás (Ez 28.15). Esta afirmação é o mais próximo que a Bíblia chega de uma indicação da origem do pecado.
C) Em Relação a Anjos
Alguns deles seguiram a satanás em seu pecado.
D) Em Relação ao Homem
O pecado originou-se no Éden.
II. A DEFINIÇÃO DE PECADO
A) O Pecado é uma ilusão:
Esta idéia (errônea) assume vária formas de expressão; e.g., nossa falta de conhecimento é a razão pela qual temos a ilusão do pecado; ou, quando a evolução tiver tido tempo suficiente para nos ajudar a progredir, a ilusão do pecado desaparecerá.
B) O Pecado é o eterno princípio do dualismo:
Sendo o Mal uma entidade externa a Deus é independente dEle.
C) O Pecado é o egoísmo:
Esta é a definição ouvida com maior freqüência. É bíblica mas incompleta e insuficiente.
D) O Pecado é a violação da Lei:
Esta definição também é bíblica mas insuficiente, a não ser que o conceito de lei seja estendido de modo a compreender todo o caráter de Deus.
E) O Pecado é qualquer coisa contrária ao Caráter de Deus.
III. PECADO PESSOAL

A) Significado:
O pecado é cometido por indivíduos. Podem ser pecados deliberados ou pecados por ignorância. Errar o alvo também implica atingir o alvo errado.
B) Penalidade:
Perda de comunhão.
C) Remédio:
Perdão – Retira a culpa produzida pelo pecado.
Justificação – Declaração da atribuição da justiça de Cristo ao pecador que crê e é perdoado.

IV. A NATUREZA PECAMINOSA
A) Significado:
A Natureza pecaminosa é a capacidade e inclinação humana para fazer tudo aquilo que nos torna reprováveis aos olhos de Deus.
B) Passagens Bíblicas relacionadas:
2Co 4.4; Ef 4.18; Rm 1.18- 3.20
C) Resultado da natureza pecaminosa:
Depravação total (Absoluta falta de mérito do homem perante Deus)
Morte Espiritual.

D) Transmissão da natureza pecaminosa:
Dos pais para os filhos (Sl 51.5).
E) Remédio:
Redenção, que nos concede nova natureza (regeneração) e uma nova capacidade de servir a Cristo.
O Poder do Espírito que habita no crente para dar vitória sobre a natureza pecaminosa, que já foi julgada.
V. PECADO IMPUTADO
A) Significado:
O resultado da participação de cada homem no pecado original de Adão.
B) Texto-chave:
Romanos 5.12 – Toda a humanidade estava em Adão, participando de seu pecado e assumindo a culpa resultante dele.
C) Transmissão do pecado imputado:
Transmitido diretamente de Adão a cada membro da raça.
D) Penalidade:
Morte física.
E) Remédio:
A Justiça imputada de Cristo (2Co 5.21).
VI. O PECADO NA VIDA DO CRENTE
A) O fato do pecado na vida do crente:
1 João 1.8-10
B) O padrão para o crente:
Andar na Luz ( 1Jo 1.7)
C) A prevenção do pecado na vida do crente:
Através da Palavra de Deus (Sl 119.11)
A intercessão de Cristo ( Jo 17.15)
O Espírito Santo que habita nele (Jo 7.37-39)
D) Penalidades do pecado na vida do crente:
Perda de comunhão (1Jo 1.6)
Exclusão da Instituição religiosa (1 Co 5.4,5)
Disciplina de Deus (Hb 12.6)
Às vezes morte física (1Co 11.30)
E) O remédio para o pecado na vida do crente:
Confissão (1Jo 1.9)