segunda-feira, 25 de agosto de 2014

A Finalidade do Dizímo


 
Você não contribui  para que DEUS seja beneficiado. O maior beneficiado é você mesmo. A finalidade do dízimo é ensinar-nos a pôr DEUS sempre em dízimo é ensinar-nos a pôr DEUS sempre em primeiro lugar em nossa vida (Dt 14:23). Como a questão do dízimo se torna uma lição? Observe o simples  ato de emitir um cheque que será ofertado. Primeiro , você escreve a data. Logo coê percebe que é uma criatura dependente do tempo, e que cada bem que possui irá se enferrujar ou queimar. É melhor darmos enquato podemos.
Em seguida, você escreve o nome  da pessoa a quem será se enferrujar ou queimar. É  melhor darmos  enquanto podemos.
Em seguida, você escreve o nome da pessoa a quem será dado o cheque. Se o sistema bancário descontasse, você escreveria o nome de DEUS. Como isto não é possível, você escreve o nome da igreja  ou grupo que conquistou a sua confiança.
Depois vem a quantia. Ah, o momento da verdade. Você é Pedro, com um pé no barco  e outro no lago. Você é um garotinho no meio da multidão. Uma cesta de piquenique é tudo que o Mestre precisa, mas é tudo que você tem.
O que você faz? Lança a Pedra? Toma Iniciativa? Fornece a Refeição?
Cuidado, agora. Não se mexa tão depressa. Você não está apenas escrevendo uma quantia, está fazendo uma confissão. Uma confissão de que, de qualquer modo, DEUS é o Dono de tudo.
Por último, temos o canhoto no canto esquerdo do talão, onde escrevemos para que foi utilizado aquele cheque. Difícil saber o que escrever. Foi para as contas de luz e para a distribuição de literatura. Um pouquinho para alcançar aqueles que estão perdidos. Um pouquinho para pagar salários.
Melhor ainda, é um pagamento parcial pelo que a igreja já fez para ajudá-lo a criar  a sua família... para que você mantivesse à presença do Senhor que está sempre perto de você. Ou talvez, ainda melhor, você poderia escrever que este cheque se destina a você mesmo. É o momento de cortar outro nó da corda na terra, para que, quando Ele retornar, você não esteja amarrado.