sexta-feira, 23 de maio de 2014

Céu 1

 

As palavra mais repletas de esperança daquela passagem do livro de Apocalipse são as da decisão de DEUS: "Eis que faço novas todas as coisas".
É difícil ver as coisas envelhecerem. A cidade onde eu cresci está em processo de envelhecimento. Eu estive lá recentemente. Alguns dos edifícios estão fechados com tapumes. Algumas das casas foram demolidas. Alguns dos meus professores se aposentaram; outros estão sepultados. O velho cinema, onde eu levava as minhas namoradas, tem uma placa de "vende-se" na marquise, há muito tempo superado pelos novos ambientes com outro salas. Os únicos visitantes do anfiteatro são as ervas daninhas e alguns roedores. As lembranças dos primeiros encontros e das festas de formatura estão desgastadas pela interminável chuva dos anos. Os namorados do colegial agora estão divorciados. Um líder de torcida morreu de um aneurisma. O nosso melhor atleta está enterrado a alguns passos do túmulo de meu pai.
Gostaria de poder fazer com que tudo se tornasse novo. Gostaria de poder soprar a poeira das ruas. De poder caminhar pela vizinhança familiar e acenar para os rostos familiares, acariciar os cachorros familiares, e fazer mais uma grande jogada no parque da Pequena Liga. Gostaria de poder caminhar pela rua principal e cumprimentar os comerciantes que se aposentarem e abrir as portas que foram fechadas. Gostaria de poder fazer tudo novo... mas não posso....
Mas DEUS pode. "Ele refrigera [ou restaura] a minha alma"(Sl 23:3). O Senhor não reforma: Restaura. Não camufla o antigo: Restaura e torna novo. O Construtor Mestre pega a planta original e restaura. Restaura o vigor, a energia, a esperança. Restaura a alma.
Quando você vê como este mundo cresce curvado e fraco e então lê sobre uma casa onde tudo é novo, não tem vontade de ir para lá?
O que você daria em troca de uma casa como a mencionada acima? Será que realmente preferiria ter algumas poucas coisas em troca dos bens eternos no céu? Realmente escolheria uma existência de escravidão à paixão em lugar de uma vida de liberdade? Honestamente desistiria de todas as suas mansões celestiais por um mal cuidado motel de segunda categoria na terra?
"Grande", disse Jesus, "é o vosso galardão no céu" deve ter sorrido quando disse essa frase. Os seus olhos devem ter brilhado e a sua mão deve ter apontado para o céu.
Porque Ele sabe. Foi idéia dele. É a casa dele.