segunda-feira, 5 de maio de 2014

O Preço foi pago




"Contudo, um dos soldados lhe furou o lado com uma lança, e logo saiu sangue e água" (Jo 19:34)

             Até um estudante casual das Escrituras nota a conexão entre e o sangue e perdão. Já num passado tão remoto como aquele em que viveu o filho de Adão, os adoradores sabiam que "sem derramamento de sangue não há remissão" (Hb 9:22)... Tendo o campo como templo, e o solo como altar, Abel foi o primeiro a fazer o que milhões de pessoas imitariam. Ele ofereceu pelo pecado um sacrifício sangrento...
            Aqueles que seguiram o exemplo por uma longa linhagem: Abraão, Moisés, Gideão, Sansão, Saul, Davi... Mas a linha terminou na cruz. Aquilo que Abel pensou realizar no campo, DEUS concluiu com seu Filho. O que Abel começou, Cristo completou...
            O que precisava ser pago foi pago. O que precisava ser feito foi feito. Exigia-se sangue inocente. Sangue inocente foi oferecido, de uma vez por todas...
            Como resultado de "sermos salvos" (a obra do sangue), o que fazemos? Obedecemos a DEUS "com profunda reverência" e nos afastamos de "tudo aquilo que possa desagradá-lo" (Fp 2:12,13, BLH).