segunda-feira, 1 de julho de 2013

Salmo 72 - Um evangelista

Salmo 72

O Deus, dá ao rei os teus juízos, e a tua justiça ao filho do rei.

Ele julgará ao teu povo com justiça, e aos teus pobres com juízo.

Os montes trarão paz ao povo, e os outeiros, justiça.

Julgará os aflitos do povo, salvará os filhos do necessitado, e quebrantará o opressor.

Temer-te-ão enquanto durarem o sol e a lua, de geração em geração.

Ele descerá como chuva sobre a erva ceifada, como os chuveiros que umedecem a terra.

Nos seus dias florescerá o justo, e abundância de paz haverá enquanto durar a lua.

Dominará de mar a mar, e desde o rio até às extremidades da terra.

Aqueles que habitam no deserto se inclinarão ante ele, e os seus inimigos lamberão o pó.

Os reis de Társis e das ilhas trarão presentes; os reis de Sabá e de Seba oferecerão dons.

E todos os reis se prostrarão perante ele; todas as nações o servirão.

Porque ele livrará ao necessitado quando clamar, como também ao aflito e ao que não tem quem o ajude.

Compadecer-se-á do pobre e do aflito, e salvará as almas dos necessitados.

Libertará as suas almas do engano e da violência, e precioso será o seu sangue aos olhos dele.

E viverá, e se lhe dará do ouro de Sabá; e continuamente se fará por ele oração; e todos os dias o bendirão.

Haverá um punhado de trigo na terra sobre as cabeças dos montes; o seu fruto se moverá como o Líbano, e os da cidade florescerão como a erva da terra.

O seu nome permanecerá eternamente; o seu nome se irá propagando de pais a filhos enquanto o sol durar, e os homens serão abençoados nele; todas as nações lhe chamarão bem-aventurado.

Bendito seja o SENHOR Deus, o Deus de Israel, que só ele faz maravilhas.

E bendito seja para sempre o seu nome glorioso; e encha-se toda a terra da sua glória. Amém e Amém.

Aqui acabam as orações de Davi, filho de Jessé.
Salmos 72:1-20

] O Deus, dá ao rei os teus juízos, e a tua justiça ao filho do rei.

Ele julgará ao teu povo com justiça, e aos teus pobres com juízo.

Os montes trarão paz ao povo, e os outeiros, justiça.

Julgará os aflitos do povo, salvará os filhos do necessitado, e quebrantará o opressor.

Temer-te-ão enquanto durarem o sol e a lua, de geração em geração.

Ele descerá como chuva sobre a erva ceifada, como os chuveiros que umedecem a terra.

Nos seus dias florescerá o justo, e abundância de paz haverá enquanto durar a lua.

Dominará de mar a mar, e desde o rio até às extremidades da terra.

Aqueles que habitam no deserto se inclinarão ante ele, e os seus inimigos lamberão o pó.

Os reis de Társis e das ilhas trarão presentes; os reis de Sabá e de Seba oferecerão dons.

E todos os reis se prostrarão perante ele; todas as nações o servirão.

Porque ele livrará ao necessitado quando clamar, como também ao aflito e ao que não tem quem o ajude.

Compadecer-se-á do pobre e do aflito, e salvará as almas dos necessitados.

Libertará as suas almas do engano e da violência, e precioso será o seu sangue aos olhos dele.

E viverá, e se lhe dará do ouro de Sabá; e continuamente se fará por ele oração; e todos os dias o bendirão.

Haverá um punhado de trigo na terra sobre as cabeças dos montes; o seu fruto se moverá como o Líbano, e os da cidade florescerão como a erva da terra.

O seu nome permanecerá eternamente; o seu nome se irá propagando de pais a filhos enquanto o sol durar, e os homens serão abençoados nele; todas as nações lhe chamarão bem-aventurado.

Bendito seja o SENHOR Deus, o Deus de Israel, que só ele faz maravilhas.

E bendito seja para sempre o seu nome glorioso; e encha-se toda a terra da sua glória. Amém e Amém.

Aqui acabam as orações de Davi, filho de Jessé.
Salmos 72:1-20
] O Deus, dá ao rei os teus juízos, e a tua justiça ao filho do rei.

Ele julgará ao teu povo com justiça, e aos teus pobres com juízo.

Os montes trarão paz ao povo, e os outeiros, justiça.

Julgará os aflitos do povo, salvará os filhos do necessitado, e quebrantará o opressor.

Temer-te-ão enquanto durarem o sol e a lua, de geração em geração.

Ele descerá como chuva sobre a erva ceifada, como os chuveiros que umedecem a terra.

Nos seus dias florescerá o justo, e abundância de paz haverá enquanto durar a lua.

Dominará de mar a mar, e desde o rio até às extremidades da terra.

Aqueles que habitam no deserto se inclinarão ante ele, e os seus inimigos lamberão o pó.

Os reis de Társis e das ilhas trarão presentes; os reis de Sabá e de Seba oferecerão dons.

E todos os reis se prostrarão perante ele; todas as nações o servirão.

Porque ele livrará ao necessitado quando clamar, como também ao aflito e ao que não tem quem o ajude.

Compadecer-se-á do pobre e do aflito, e salvará as almas dos necessitados.

Libertará as suas almas do engano e da violência, e precioso será o seu sangue aos olhos dele.

E viverá, e se lhe dará do ouro de Sabá; e continuamente se fará por ele oração; e todos os dias o bendirão.

Haverá um punhado de trigo na terra sobre as cabeças dos montes; o seu fruto se moverá como o Líbano, e os da cidade florescerão como a erva da terra.

O seu nome permanecerá eternamente; o seu nome se irá propagando de pais a filhos enquanto o sol durar, e os homens serão abençoados nele; todas as nações lhe chamarão bem-aventurado.

Bendito seja o SENHOR Deus, o Deus de Israel, que só ele faz maravilhas.

E bendito seja para sempre o seu nome glorioso; e encha-se toda a terra da sua glória. Amém e Amém.

Aqui acabam as orações de Davi, filho de Jessé.
Salmos 72:1-20
O Deus, dá ao rei os teus juízos, e a tua justiça ao filho do rei.

Ele julgará ao teu povo com justiça, e aos teus pobres com juízo.

Os montes trarão paz ao povo, e os outeiros, justiça.

Julgará os aflitos do povo, salvará os filhos do necessitado, e quebrantará o opressor.

Temer-te-ão enquanto durarem o sol e a lua, de geração em geração.

Ele descerá como chuva sobre a erva ceifada, como os chuveiros que umedecem a terra.

Nos seus dias florescerá o justo, e abundância de paz haverá enquanto durar a lua.

Dominará de mar a mar, e desde o rio até às extremidades da terra.

Aqueles que habitam no deserto se inclinarão ante ele, e os seus inimigos lamberão o pó.

Os reis de Társis e das ilhas trarão presentes; os reis de Sabá e de Seba oferecerão dons.

E todos os reis se prostrarão perante ele; todas as nações o servirão.

Porque ele livrará ao necessitado quando clamar, como também ao aflito e ao que não tem quem o ajude.

Compadecer-se-á do pobre e do aflito, e salvará as almas dos necessitados.

Libertará as suas almas do engano e da violência, e precioso será o seu sangue aos olhos dele.

E viverá, e se lhe dará do ouro de Sabá; e continuamente se fará por ele oração; e todos os dias o bendirão.

Haverá um punhado de trigo na terra sobre as cabeças dos montes; o seu fruto se moverá como o Líbano, e os da cidade florescerão como a erva da terra.

O seu nome permanecerá eternamente; o seu nome se irá propagando de pais a filhos enquanto o sol durar, e os homens serão abençoados nele; todas as nações lhe chamarão bem-aventurado.

Bendito seja o SENHOR Deus, o Deus de Israel, que só ele faz maravilhas.

E bendito seja para sempre o seu nome glorioso; e encha-se toda a terra da sua glória. Amém e Amém.

Aqui acabam as orações de Davi, filho de Jessé.
Salmos 72:1-20
O Deus, dá ao rei os teus juízos, e a tua justiça ao filho do rei.

Ele julgará ao teu povo com justiça, e aos teus pobres com juízo.

Os montes trarão paz ao povo, e os outeiros, justiça.

Julgará os aflitos do povo, salvará os filhos do necessitado, e quebrantará o opressor.

Temer-te-ão enquanto durarem o sol e a lua, de geração em geração.

Ele descerá como chuva sobre a erva ceifada, como os chuveiros que umedecem a terra.

Nos seus dias florescerá o justo, e abundância de paz haverá enquanto durar a lua.

Dominará de mar a mar, e desde o rio até às extremidades da terra.

Aqueles que habitam no deserto se inclinarão ante ele, e os seus inimigos lamberão o pó.

Os reis de Társis e das ilhas trarão presentes; os reis de Sabá e de Seba oferecerão dons.

E todos os reis se prostrarão perante ele; todas as nações o servirão.

Porque ele livrará ao necessitado quando clamar, como também ao aflito e ao que não tem quem o ajude.

Compadecer-se-á do pobre e do aflito, e salvará as almas dos necessitados.

Libertará as suas almas do engano e da violência, e precioso será o seu sangue aos olhos dele.

E viverá, e se lhe dará do ouro de Sabá; e continuamente se fará por ele oração; e todos os dias o bendirão.

Haverá um punhado de trigo na terra sobre as cabeças dos montes; o seu fruto se moverá como o Líbano, e os da cidade florescerão como a erva da terra.

O seu nome permanecerá eternamente; o seu nome se irá propagando de pais a filhos enquanto o sol durar, e os homens serão abençoados nele; todas as nações lhe chamarão bem-aventurado.

Bendito seja o SENHOR Deus, o Deus de Israel, que só ele faz maravilhas.

E bendito seja para sempre o seu nome glorioso; e encha-se toda a terra da sua glória. Amém e Amém.

Aqui acabam as orações de Davi, filho de Jessé.
Salmos 72:1-20



O Deus, dá ao rei os teus juízos, e a tua justiça ao filho do rei.

Ele julgará ao teu povo com justiça, e aos teus pobres com juízo.

Os montes trarão paz ao povo, e os outeiros, justiça.

Julgará os aflitos do povo, salvará os filhos do necessitado, e quebrantará o opressor.

Temer-te-ão enquanto durarem o sol e a lua, de geração em geração.

Ele descerá como chuva sobre a erva ceifada, como os chuveiros que umedecem a terra.

Nos seus dias florescerá o justo, e abundância de paz haverá enquanto durar a lua.

Dominará de mar a mar, e desde o rio até às extremidades da terra.

Aqueles que habitam no deserto se inclinarão ante ele, e os seus inimigos lamberão o pó.

Os reis de Társis e das ilhas trarão presentes; os reis de Sabá e de Seba oferecerão dons.

E todos os reis se prostrarão perante ele; todas as nações o servirão.

Porque ele livrará ao necessitado quando clamar, como também ao aflito e ao que não tem quem o ajude.

Compadecer-se-á do pobre e do aflito, e salvará as almas dos necessitados.

Libertará as suas almas do engano e da violência, e precioso será o seu sangue aos olhos dele.

E viverá, e se lhe dará do ouro de Sabá; e continuamente se fará por ele oração; e todos os dias o bendirão.

Haverá um punhado de trigo na terra sobre as cabeças dos montes; o seu fruto se moverá como o Líbano, e os da cidade florescerão como a erva da terra.

O seu nome permanecerá eternamente; o seu nome se irá propagando de pais a filhos enquanto o sol durar, e os homens serão abençoados nele; todas as nações lhe chamarão bem-aventurado.

Bendito seja o SENHOR Deus, o Deus de Israel, que só ele faz maravilhas.

E bendito seja para sempre o seu nome glorioso; e encha-se toda a terra da sua glória. Amém e Amém.

Aqui acabam as orações de Davi, filho de Jessé.
Salmos 72:1-20
Salomão pediu a DEUS que concedesse sabedoria ao seu filho. Em sua oração, ansiava pelo eterno e perfeito reino de Cristo.
Salomão pediu a DEUS um julgamento sadio, e clamou por sua bondade. Os reis de Israel eram convocados a ajudar os pobres. Até mesmo Jesus, o Rei dos reis, ministrou  áqueles que estavam subjugados pela opressão e pobreza.

George é um evangelista em Malawi, que usa uma cadeira de rodas antiga e em mau estado. Não faz muito tempo, escreveu-me para pedir que lhe enviasse as camisas usadas de meu marido - as suas estavam muito gastas e queria estar bem vestido como  um embaixador de Cristo.
George vai em sua cadeira pelas estradas esburacadas e empoeiradas que ligam as cidades em Malawi.. Apesar dos músculos doloridos e dos calos nas mãos, faz alegremente este trabalho. O seu maior desejo é o de compartilhar Cristo com outras pessoas que são deficientes, para dizer-lhes que, apesar de toda a pobreza deles DEUS está no controle, para o bem de todos e a sua glória.
George é extremamente pobre. As pessoas a quem ele prega  são ainda mais necessitadas. Mas não á alguém tão rico na fé quanto ele.
Lembre-se, Cristo quis nascer pobre, e escolheu discípulos  que, em sua maior parte viviam na pobreza. JESUS se fez um servo dos pobres. E lembra-nos  que, o que quer que façamos para ajudar o menor dos nossos irmãos - aqueles mais pobres - realizaremos pessoalmente para Ele.


Aplique 


Você segue o exemplo de JESUS? Dedica-se aos  pobres?  Nesta semana, encontre uma maneira de ajudar alguém material e pessoalmente. Leve-a para comer fora. Anonimamente, dê uma sacola de alimentos. Ajude-a a consertar o seu carro. Espere uma oportunidade.

Ajudando os pobres - Pv 14:31; 19:17; Mateus 25:35-40; Lucas 4:18;1Jo 3:17

A esperança é uma folha de oliveira -  a evidência de terra seca depois de um dilúvio. Para o sonhador, a prova de que sonhar vale a pena.