domingo, 23 de dezembro de 2012

79 - TROPAS DE ANJOS




Quando o Senhor Jesus me deu uma revelação do inferno, pude ver com os olhos espirituais que ao redor da minha casa a Palavra de Deus estava escrita no céu.

Em volta da minha casa, do lado de fora, havia uma grande assembléia de anjos. Alguns estavam sentados, conversando entre si. Um outro grupo demonstrava ter grande autoridade e parecia estar observando a tudo. Um terceiro grupo cercou a minha casa, um ao lado do outro, asa com asa, de costas para a casa.

Este último grupo compunha-se de anjos bem gran­des, que pareciam ser anjos guerreiros! Cada um tinha uma enorme espada ao seu lado. Se até mesmo uma som­bra escura tentasse arrastar-se em direção à minha casa, eles pegariam a espada e defenderiam a minha família.

Lembre-se de que "a espada do Espírito... é a pala­vra de Deus" (Efésios 6:17). A Palavra poderia sair quei­mando e atingiria o inimigo. O inimigo seria cremado e reduzido a cinzas.

Um versículo veio à minha mente: "Pisareis os per­versos, porque se farão cinzas debaixo das plantas de vos­sos pés" (Malaquias 4:3). Tenho me impressionado cons­tantemente por ver a Palavra de Deus em ação!

Quando Deus enviou a sua Palavra, os anjos liberta­ram Pedro da prisão:

"Eis, porém, que sobreveio um anjo do Senhor, e uma luz iluminou a prisão; e, tocando ele o lado de Pedro, o despertou, dizendo: Levanta-te de­pressa! Então, as cadeias caíram-lhe das mãos. Disse-lhe o anjo:

— Cinge-te e calça as sandálias.

E ele assim o fez. Disse-lhe mais:

— Põe a capa e segue-me.Então, saindo, o seguia, não sabendo que era real o que se fazia por meio do anjo; parecia-lhe, an­tes, uma visão. Depois de terem passado a pri­meira e a segunda sentinela, chegaram ao portão de ferro que dava para a cidade, o qual se lhes abriu automaticamente; e, saindo, enveredaram por uma rua, e logo adiante o anjo se apartou dele. Então, Pedro, caindo em si, disse:

— Agora, sei, verdadeiramente, que o Senhor en­viou o seu anjo e me livrou da mão de Herodes e de toda a expectativa do povo judaico.'' (Atos 12:7-11)