domingo, 23 de dezembro de 2012

86 - A IRA DE DEUS




Vi uma besta furiosa, e ela derramava veneno sobre todos os que estavam na terra. O inferno sacudia-se com grande fúria, e do abismo profundo vinham multidões de hordas de criaturas malignas para denegrir a terra em toda a sua extensão.

Homens e mulheres corriam, chorando, para os mon­tes, para as cavernas e para as montanhas. E houve guer­ras sobre a terra, escassez e morte.

Por fim vi cavalos e carruagens de fogo nos céus A ter­ra tremeu, e "o sol escureceu como tecido de crina negra, toda lua tornou-se vermelha como sangue" (Apocalipse 6:12 -NVI).

Um anjo anunciou:

— Escute ó terra, o Rei está vindo!

Então o Rei dos reis e Senhor dos senhores apareceu no céu. Com ele em glorioso esplendor estavam os santos de todas as épocas, vestidos com o mais puro branco. Lem­brei-me de que "todo olho o verá" (Apocalipse 1:7) e de que "todo joelho se dobrará... e toda língua confessará" (Ro­manos 14:11- NVI) que ele é o Senhor.Então os anjos tomaram a sua foice e colheram os grãos maduros (veja Apocalipse 14:14-19), o que é o fim do mundo.

Eu pensei: "Temos de amar uns aos outros. Temos de estar firmados na verdade e orientar os nossos filhos à luz do breve retorno de Cristo. Pois, com certeza, o Rei está voltando!"